Os Planetas do Sistema Solar

Planetas

Olá pessoal! Nesta calorosa tarde lhes mostrarei um pouco sobre cada planeta desse nosso lugarzinho do universo chamado sistema solar! ;)

Bem, para começar, todos esses planetas giram em torno de uma estrela, que é o Sol e eles levam um certo tempo para isso dependendo de sua localização no Sistema Solar (Movimento de Translação). Os planetas, além de girarem em torno do Sol, giram em torno de si mesmos (Movimento de Rotação). Eles possuem corpos celestes que os orbitam, os chamados Satélites.

Bem, vamos a eles, os planetas:

Mercúrio

Planeta

Mercúrio é um planeta muito quente e é o mais próximo do Sol. A temperatura normalmente ultrapassa os 400Cº (não dá nem pra assar um bolo porque vai torrar mesmo! :(). É um mundo enrugado e cheio de crateras, muito semelhante à nossa Lua. Sua superfície é constantemente bombardeada por meteoritos. Recebe sete vezes mais quantidade de luz que a Terra. O dia em Mercúrio dura cerca de 176 dias terrestres. Seu movimento de rotação dura 59 dias. A atmosfera é baixa e o gás predominante é o Potássio. O restante compõe-se de Sódio, Oxigênio, Argônio e Hélio. Mercúrio é atualmente o menor planeta do Sistema Solar (diâmetro equatorial de 4879 km) e não possui nenhum satélite.

Vênus

calor

É o segundo planeta do sistema solar em ordem de distância do Sol. É um mundo que possui tamanha semelhança e, ao mesmo tempo, enorme diferença com a Terra.

Começarei pelas semelhanças. Vênus possui quase o mesmo tamanho da Terra, (pouco mais de 12.000km de diâmetro contra exatos 12.713km da Terra) em sua superfície existem grandes vales e mesetas. Além de enormes crateras e sulcos terrestres, intensa atividade vulcânica e tempestades elétricas.

Agora, as diferenças. Vênus possui uma atmosfera muito densa e que exerce uma enorme pressão atmosférica (aproximadamente 92 atmosferas terrestres). Composta principalmente de Dióxido de Carbono e outros pesados gases (como Monóxido de Carbono e Dióxido de Enxofre), essa densa atmosfera impede que o calor do planeta seja irradiado para o espaço, criando um efeito estufa que faz com que a temperatura na superfície chegue aos 460Cº (mais quente que Mercúrio, o planeta mais próximo do sol). Trata-se de um planeta extremamente hostil.

Vênus possui um movimento de rotação que intriga os cientistas pelo fato de ele ser no sentido horário e de sua característica lentidão (com exceção de Vênus e Urano, todos os outros planetas giram no sentido anti-horário). O dia em Vênus é mais longo que seu ano (dia, 248 dias terrestres e ano, 225 dias terrestres). Isso ocorre porque o Planeta completa uma volta em torno de si mesmo mais lentamente que uma volta em torno do Sol. ;)

Da mesma forma que Mercúrio, Vênus também não possui nenhum satélite.

Terra

Mãe

Ah! A nossa morada!  A nossa casinha querida! :) Essa bolinha azul é o planeta em que todos nós vivemos, nossa mãe, a Terra!

A Terra é o terceiro planeta (em ordem de distância do sol) do sistema solar. Com um diâmetro equatorial de 12.713 km, é o maior e mais maciço dos planetas rochosos do Sistema Solar. Possui uma sólida crosta terrestre e uma atmosfera composta principalmente de Nitrogênio e Oxigênio (há traços de Vapor de água, Dióxido de Carbono, Hélio, Argônio e outros gases). A atmosfera terrestre, combinada da água em estado líquido (fenômeno único no Universo) produz uma camada gasosa (Camada de Ozônio) que protege o planeta dos efeitos nocivos dos raios solares  e propicia algo único e exclusivo em nosso planeta, a vida.

O movimento de rotação da Terra é realizado em 23 horas e 56 minutos (dia solar) e o de translação, 365 dias (ano sideral). A Terra possui um satélite, que claro, todos nós conhecemos: a Lua. :)

Marte

Ares

Com certeza, Marte é um dos planetas que mais intrigam a mente humana! É um forte candidato ao título de “Futura Moradia”.

Marte é um pequeno planeta (diâmetro de aproximadamente 6794 km) que possui mais ou menos, a metade do tamanho da Terra. É o quarto planeta em relação à distância do Sol. Assim como Vênus, possui algumas características semelhantes à Terra como estações bem definidas, dia com quase a mesma duração do terrestre (24 horas e 36 minutos), ventos e uma superfície rochosa com cânions, vales, depressões e crateras.

Apesar de possuir tais características semelhantes às da Terra, Marte é um mundo inóspito e sem vida. :( Sua atmosfera é muito fina e composta principalmente de Dióxido de Carbono (totalmente irrespirável). Essa fina atmosfera faz com que o planeta receba grandes quantidades de radiação solar. A temperatura marciana é muito baixa, atingindo cerca de -150Cº nos pólos. Porém, há máximas de até 25Cº em determinadas épocas e locais.

E falando nos pólos de Marte, eles são muito semelhantes aos da Terra. Porém, há uma pequena “grande”  diferença: eles são constituídos de gelo seco (se quiséssemos tomar um “capeta” bastava ir até um dos polos e pegar um pouco do gelo para preparar hehe :) ).

Investiga-se muito sobre a presença de água em solo Marciano. Já foram encontradas amostras de gelo e muito se estuda sobre suas formações rochosas e canais. Alguns sulcos e depressões dão a impressão de que em remotas épocas, Marte foi um planeta tão úmido quanto à Terra. Há locais bastante semelhantes a grandes escoadouros, e vastas áreas que parecem ter sido grandes mares.

Marte possui dois pequenos satélites: Deimos (do grego, pânico) e Fobos (medo). Eles são pequenos (27 e 16 km respectivamente).

Júpiter

Zeus

Júpiter, o quinto planeta em ordem de distância do sol. É o maior e mais massivo dos planetas do Sistema Solar. Seu diâmetro equatorial é de 142.984 km e sua massa é cerca de 318 vezes maior que a da Terra. É um planeta gasoso e semelhante a Saturno, Urano e Netuno.

Por ser um planeta gasoso, Júpiter possui uma atmosfera extremamente densa e composta basicamente de Hidrogênio e Hélio. Essa atmosfera é dividida em várias faixas e bandas, claras e escuras. Nota-se também numerosas tempestades em formas ovais e espirais.

Existem duas principais tempestades no Planeta: a Grande Mancha Vermelha (é uma tempestade que engloba uma área ligeiramente maior que o planeta Terra com ventos de até 500 km/h) e a Oval Branca (essa tempestade tem aproximadamente a metade do tamanho da Grande Mancha Vermelha, mas ainda cobriria toda a Terra. Nela, os ventos chegam a 645 km/h).

Costumo chamar Júpiter de “aspirador” do Sistema Solar. Além do planeta não ser um objeto sólido, sua órbita atrai corpos menores para o interior de sua atmosfera repleta de tormentas e tempestades, servindo de barreira protetora para os outros planetas anteriores (Mercúrio, Vênus, Terra e Marte), aspirando meteoritos e corpos maiores que poderiam atingir tais planetas.

Júpiter Possui 63 satélites. Porém, boa parte deles possui menos de 10km de diâmetro. Alguns dos mais conhecidos são : Ganimedes, Io, Europa e Calisto.

Saturno

Pai de Zeus

Esse é o planeta mais bonito de todos na minha opinião! :) Saturno causou, e ainda causa, muitas fantasias e pensamentos na cultura humana. Um comum exemplo disso é o fato do planeta ser representado em decorações de quartos de crianças, onde muitas vezes vemos o planetinha cercado por um anel. Quando criança, eu li uma certa revista em quadrinhos que mostrava uma história onde extraterrestres roubavam os anéis de Saturno. Nessa história, os anéis eram compostos de diamantes muito valiosos.

Saturno é o sexto planeta em ordem de distância do Sol e o segundo maior dos planetas do Sistema Solar (diâmetro equatorial de 120.000 km). É um planeta gasoso e muito leve (sua densidade é menor que a da água), tão leve que se ele fosse colocado dentro de um enorme oceano, ele flutuaria.

Sua atmosfera é composta principalmente de Hidrogênio e Hélio. Assim como Júpiter, Saturno também possui faixas e bandas em sua atmosfera. Porém, elas não são nítidas como no caso de Júpiter.

Nota-se várias tempestades ao redor do planeta e algumas são maiores que a Terra. Os ventos são arrasadores, chegando a uma estupenda velocidade de 450 m/s (cerca de 1500 km/h). É comum a ocorrência de relâmpagos após esses velocíssimos ventos.

A temperatura no planeta chega a uma média de -134 Cº. Os anéis são compostos de restos de asteróides, poeira e cristais de gelo. Esses fragmentos movem-se rapidamente, e os maiores, possuem o tamanho de uma casa. Saturno possui 60 satélites conhecidos, sendo o segundo planeta do Sistema Solar em número de satélites (perdendo apenas para Júpiter). Alguns deles: Mimas, Encélado, Tétis, Dione, Réia e Titã.

Urano

Céu

Urano é o sétimo planeta a partir do sol. É o terceiro maior do sistema solar em tamanho (diâmetro equatorial de 51.118 km). Inicialmente, o planeta era confundido com uma estrela. Possui 11 discretos anéis ao seu redor.

Duas características diferenciadas em Urano são o seu movimento de rotação que é no sentido horário, igual ao de Vênus (sendo os dois únicos planetas do Sistema Solar a girarem dessa forma),  e a maneira de como esse movimento é executado. Urano gira em um eixo de quase 90ºC. Como se o planeta girasse “deitado”. Os cientistas nunca conseguiram explicar ao certo esse fenômeno.

Urano é também um planeta gasoso, porém, possui um núcleo composto de rochas e gelo. Sua densa atmosfera compõe-se de Hidrogênio e Hélio e ela representa considerável massa do planeta.

A temperatura é muito baixa, chegando a atingir médias de -214ºC. Os ventos em Urano também são bastante velozes. Oscilam entre 150 e 500 km/h.

Existem 27 satélites conhecidos na órbita uraniana, os maiores são: Titânia, Oberon, Umbriel, Ariel e Miranda.

Netuno

Poseidon

Netuno é o oitavo dos planetas em ordem de distância do Sol. Tem uma coloração azulada semelhante à da Terra, mas tal coloração é devida à composição dos gases de sua atmosfera (Hidrogênio, Hélio e um pouco de Amônia). Seu diâmetro equatorial é de 49.572km, sendo assim, o quarto maior planeta do Sistema Solar.

Este gasoso planeta possui um núcleo composto de gelo e rochas (semelhante ao de Urano). Uma interessante característica em Netuno é a notável visibilidade de suas tempestades, relâmpagos e padrões climáticos ao longo de sua atmosfera. Já foram observadas algumas manchas que aparentavam ser colossais tempestades. Os ventos em Netuno são os mais arrasadores do Sistema Solar, normalmente atingindo mais de 2000km/h (seria interessante se tentássemos jogar um aviãozinho de papel pra ver o que acontecia hehe :) ).

A temperatura no planeta é uma das mais frias do Sistema Solar, atingindo médias de -218ºC. Netuno é o planeta que menos recebe calor do Sol devido à enorme distância da órbita solar. No entanto, suspeita-se que Netuno possua uma fonte interna de calor.

O planeta também possui um discreto sistema de anéis semelhantes aos de Urano. Foram contabilizados 5 anéis e há ainda a suspeita de existirem outros menores. Netuno tem 13 satélites dos quais o mais conhecido é Tritão, que é o lugar mais frio do Sistema Solar (-235ºC). Alguns outros satélites: Nereida, Larissa, Proteu, Galatéia e Náiade.

Plutão (Planeta anão)

Hades

E para finalizar, há um nono astro que recentemente foi “rebaixado” à categoria de Planeta-Anão (do inglês, dwarf-planet). Trata-se de Plutão. É um minúsculo astro menor que a Lua e que possui três satélites: Caronte, e os recém-descobertos, Nix e Hydra. Pode-se dizer que Plutão nada mais é que uma gigante bola de neve misturada com rocha e que demora longínquos 248 anos para dar uma volta em torno do Sol.

E acabou (ufa)! Voltarei a postar em breve! Felicidades a todos! ;)

About these ads

~ por Glauber F. em janeiro 22, 2010.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: